Projetos

PROJETO DE RESTAURAÇAO E AMPLIAÇÃO DO PRÉDIO DO SANATÓRIO EURÍPEDES BARSANULFO PARA INSTALAÇÃO DO MUSEU HISTÓRICO DE PALMELO – CENTRO DE CULTURA JERONYMO CANDINHO

Um Projeto da Associação Cidade de Palmelo

Objetivo geral:

Restauração e ampliação de um antigo prédio de caráter histórico que até o início da década de noventa funcionou como Sanatório Eurípedes Barsanulfo, e, agora apresenta o intuito de abrigar o Museu Histórico de Palmelo bem como o Centro de Cultura Jeronymo Candinho.

Objetivos específicos:

O espaço físico almejado e proposto, servirá para abrigar o Museu Histórico de Palmelo e o Centro de Cultura Jeronymo Candinho, tão esperados pela comunidade e de modo especial por estudantes, pesquisadores, historiadores e visitantes de todas as partes do Brasil e do mundo, uma vez que a cidade recebe grande número de turistas. É também a forma encontrada para a conservação do prédio construído por Jeronymo Candido Gomide, que, afeito a edificações de grande porte o  inaugurou em 1953, por onde passaram grande número de enfermos, marcando também a história das instituições psiquiátricas no Brasil. Homem visionário, Jeronymo Candinho foi o grande impulsionador na construção de toda a cidade. Desta forma este projeto também visa homenageá-lo e preservar a sua memória, que se confunde com a memória de Palmelo.

JUSTIFICATIVA

Palmelo, edificada à margem do Ribeirão Caiapó, localizada a 125 quilômetros da capital do Estado de Goiás e a 280 quilômetros da Capital Federal, Brasília, situa-se bem no coração do Centro-Oeste. Recebeu o cognome: Cidade da Paz em 1957 e têm-se firmado como uma instância de reequilíbrio físico e mental, possuindo em seu contexto um rico acervo histórico e cultural a ser explorado, diferenciando-se em suas características dos demais municípios brasileiros, por ser a única cidade no mundo erigida em torno de um Centro Espírita, fundado em 09 de fevereiro de 1929, na fazenda Palmela.

Seu nome – Palmelo – originou-se a partir da antiqüíssima Vila Palmela, vila esta descrita no famoso poema épico Os Lusíadas, de Luís de Camões, concluído provavelmente em 1556; e de onde vieram os primeiros proprietários da fazenda.

Em 1936, Jeronymo Candido Gomide, chega a estas terras. Um visionário, que em pouco tempo com a ajuda dos fundadores do Centro Espírita Luz da Verdade, transformou a fazenda em Vila, demarcando a propriedade. Em 1953, Palmelo é emancipada sem passar pela categoria de Distrito.

Jeronymo Candinho, homem empreendedor e político foi o primeiro prefeito eleito de Palmelo. Construiu várias escolas primárias, o Ginásio Eurípedes Barsanulfo que foi referência no Estado pela excelência de sua pedagogia e dependências físicas, possuindo um completo laboratório de ciências, de desenho e geologia, bem como, abrigos para atendimento social e o Sanatório Eurípedes Barsanulfo.

Hoje o nome de Jeronymo Candinho e de sua esposa Francisca Borges Gomide estão em ruas, escolas, praças e monumentos, são relembrados pelo seu legado, em comemorações culturais, sociais e políticas e possui a admiração e o respeito dos habitantes da cidade, do entorno , do Brasil e do mundo.

O município guarda precioso acervo cultural que precisa ser resgatado, ou seja, catalogado e exposto ao público. Por tais motivos necessitamos dessa parceria, para restaurar e ampliar o espaço físico, proporcionando à comunidade um ambiente adequado para pesquisadores, expositores e os visitantes que queiram conhecer a história do município e a todos que almejam participar das oficinas que serão oferecidas.

Benefícios a serem produzidos a partir da realização do projeto.

Culturais

O espaço para o Museu e o Centro de Cultura, depois de concluído, pretende ser palco para o Resgate dos Casos Regionais; Exposições de Arte (permanentes e itinerantes); Representações Artísticas através da Dança, Peças Teatrais, Musicais; Artesãos Regionais; Corais; Grupos Musicais. Abrigará em seu âmago um café, onde discussões em torno da filosofia e outros temas poderão ser debatidos. Contará também com uma livraria e uma biblioteca histórica, incentivando assim a riqueza da leitura para toda a população e visitantes. Um auditório para conferencias, palestras, simpósios atenderá as necessidades de toda região. Oficinas com o objetivo de capacitar crianças, jovens, adultos e idosos de acordo com as mais variadas habilidades e demanda, serão igualmente ministradas.

Sociais

A restauração e ampliação do espaço físico solicitado e proposto servirão para abrigar o Museu Histórico e o Centro de Cultura Jeronymo Candinho, garantindo não só a conservação de um importante marco histórico para a cidade, mas priorizando a segurança uma vez que o prédio no atual estado (de abandono) não oferece condições para todos esses eventos planejados e almejados. A realização deste projeto garantirá uma participação ainda maior da comunidade de maneira muito especial, podendo contribuir com atividades para as pessoas carentes do município e região, introduzindo-as na sociedade, seja por meio das oficinas, que entre outras atividades oferecerão a inclusão digital; seja por meio da divulgação da nossa cultura e da interação com outras, fomentando de modo decisivo a vida do cidadão.

Econômicos

Palmelo é um município com cerca de 2.500 habitantes; mas, conhecida mundialmente por seu perfil espiritualista, apresenta uma população flutuante bem variada, que em determinadas épocas é responsável por lotar os hotéis e pensões da cidade, trazendo com isso divisas de enorme importância para o município e a sua população, que  é direta ou indiretamente é beneficiada. Também tem sua economia embasada em atividades agropecuárias e de artesanato. Com a ampliação e a restauração do prédio onde se pretende instalar o Museu Histórico, conseguiremos ampliar o turismo, que já é responsável por receber visitantes de vários países como, por exemplo, da África do Sul, Angola, Portugal entre outros da América Latina. E de uma forma geral devido à procura de pesquisadores, historiadores e demais visitantes, este projeto revela-se de fundamental importância no fortalecimento da economia, que como ficou exemplificado tem no turismo o dínamo indispensável para o desenvolvimento do município.

Nome da Instituição Museológica a ser criada:

Museu Histórico de Palmelo – Centro de Cultura Jeronymo Candinho

Missão

Catalogar referências e direcionar todo o acervo histórico-cultural ao alcance de todas as pessoas, ou seja, toda a comunidade, estudantes, historiadores, pesquisadores e turistas. Além de capacitar o cidadão palmelino e demais interessados.

Características do acervo

As características do museu são de natureza histórica, de vez que Palmelo é reconhecida como uma cidade que guarda precioso acervo. Faz parte da chamada “Região da Estrada de Ferro”.  Histórias e casos, cachoeiras. Peças antigas de uso doméstico do século 19 como teares, rodas de fiar, máquinas de costura, ferros de passar roupas, livros, iconografias de relevante teor histórico entre outros objetos de valor simbólico.

Local de instalação do museu:

Rua Orestes Nunes, Praça Jeronymo Candinho

Recursos humanos previstos para o museu

Professores de teatro, dança, música, informática, bibliotecário, atendentes (Café / Livraria).

Principais atividades que serão exercidas pela instituição:

Oficinas folclóricas, artesanato, danças típicas regionais, teatro e música e incentivo e apoio aos compositores e escritores, artistas plásticos, escultores e expositores.

Principais linhas de pesquisas que poderão ser produzidas pela instituição:

A história da cidade relatada por escrito ou armazenada na Memória de pessoas que foram de alguma forma pioneiras na cidade serão resgatadas pelo Museu. Um espaço físico para abrigar todo esse acervo é o que mais interessa à comunidade.

Contrapartida cultural que o museu irá desenvolver com a comunidade

As oficinas e o espaço físico para apresentações e exposições de artistas plásticos, escultores, colecionadores e outros.

Histórico do Sanatório Espírita Eurípedes Barsanulfo

O Sanatório Espírita Eurípedes Barsanulfo foi inaugurado em 22 de julho de 1953.

Convidado pelo Sr. Jeronymo Candido Gomide, presidente do Centro Espírita Luz da Verdade, excelentíssimo Dr. Taciano Gomes de Melo, prefeito municipal de Pires do Rio, que depois de uma alocução em que ressaltou o valor da obra inaugurada e o trabalho do seu criador, o senhor Jeronymo Candinho, que declarou inaugurada a instituição, cortando a fita simbólica da parte principal.

Ao longo dos anos cerca de 15000 pessoas foram atendidas no Sanatório de Palmelo, muitas delas depois de curadas permaneceram na cidade. Em novembro de 1992, encerraram-se no prédio antigo, os trabalhos com os internos. Uma nova e ampla edificação foi erguida para tal fim e funcionou até dezembro de 2008. Hoje, o atendimento é feito pelo Centro de Atenção Psicossocial – CAPS e nas residências terapêuticas, mas o Centro Espírita Luz da Verdade, mantém ainda o tratamento por corrente magnética, o tratamento fluídico, o passe e esclarecimento doutrinário no Salão de preces do Sanatório.

O prédio principal está desativado e em estado de abandono. Imponente e com tanto potencial, não podemos deixar que tempo o corrompa de forma irreversível. Os projetos da Associação Cidade de Palmelo: Museu Histórico de Palmelo e Centro de Cultura Jeronymo Candinho visam à restauração e a construção de novos espaços, com a finalidade de abrigar um museu histórico, que contará a história de Palmelo em seu sentido religioso e também um centro de Cultura.